Projeto pinta carroças e traz dignidade aos carroceiros

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://fotos.noticias.bol.uol.com.br:80/entretenimento/2012/04/26/projeto-pinta-carrocas-e-traz-dignidade-aos-carroceiros.htm
  • totalImagens: 7
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120426151334
    • Reciclagem [12429]; Grafite [27624]; Lixo [12418]; Meio ambiente [11359];
Fotos
O 'Pimp My Carroça' vai turbinar com arte urbana mais de 50 carroças e distribuir itens de segurança para os catadores de lixo de São Paulo. Segundo Mundano, grafiteiro e idealizador do projeto, a ideia é pintar muitas carroças. "Eu queria era pintar todas, com novas ideias, novas frases. Mudar esse estigma negativo do carroceiro. Dar visibilidade a eles", relata Mundano. Reprodução/Mundano/Pimp My Carroça Mais
A decisão de trabalhar com os coletores foi natural, segundo Mundano: "Eu estava em contato com as pessoas das ruas. Como sou grafiteiro, a minha profissão exige muito tempo nas ruas e também é marginalizada. Então observei os catadores de lixo entre as pessoas da rua. Foi uma aproximação normal". Reprodução/Mundano/Pimp My Carroça Mais
As frases pintadas nas carroças levam à reflexão. Assuntos políticos e sociais são abordadas na arte do grafiteiro. "São Paulo é toda cinza, asfalto, pessoas, prédios, fumaça, é um negócio feio. A gente não tem costume de frequentar museus, exposições... Falta contato com as pessoas", relata Mundano. Reprodução/Mundano/Pimp My Carroça Mais
"Uma cidade em que você passa cerca de 2 horas e 40 minutos no trânsito é ideal para o tipo de arte do projeto. É neste tempo em que a pessoas estão nas ruas que elas podem ter contato com a arte. Uma carroça pintada passa e a pessoa vê. O grafite é uma arte democrática", defende o idealizador do projeto. Reprodução/Mundano/Pimp My Carroça Mais
Além de São Paulo, Mundano já pintou carroças em diversas cidades brasileiras. Fora do país, ele já atuou na Bolívia, Chile, Argentina e Estados Unidos. Reprodução/Mundano/Pimp My Carroça Mais
Segundo dados do 'Pimp My Carroça', a catação tem mais de 50 anos no Brasil, mas nunca teve sua importância reconhecida. Os catadores foram marginalizados, porém são os maiores responsáveis pela reciclagem (90% dos artigos reciclados na cidade de São Paulo são provenientes do trabalho do catador). – Legal dizer no texto essa questão de nunca ter tido o trabalho reconhecido. Reprodução/Mundano/Pimp My Carroça Mais
Arte e reciclagem nas ruas de São Paulo também serão debatidas na 'carroceata', manifestação pacífica em que catadores terão suas carroças 'turbinadas' e vão desfilar pela cidade. Reprodução/Mundano/Pimp My Carroça Mais
Hospedagem: UOL Host