Truques e dicas de decoração ajudam a ampliar as dimensões do seu banheiro

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://fotos.noticias.bol.uol.com.br:80/entretenimento/2012/11/26/truques-e-dicas-de-decoracao-ajudam-a-ampliar-as-dimensoes-do-seu-banheiro.htm
  • totalImagens: 28
  • fotoInicial: 22
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20121126122251
    • banheiro [21279]; decoração [18997];
Fotos

Como o banheiro seria usado apenas por hóspedes, o projeto assinado por Cristina Menezes pode eleger a bancada de madeira de demolição (peroba do campo) como a vedete deste ambiente com 3,75 m². O lavatório de semi-encaixe, linha Carrara Deca, racionalizou o espaço, ampliado graças ao fundo de mármore e cerâmica claros, ao espelho e a distribuição racional dos elementos. Atendendo ao desejo dos clientes foram escolhidos materiais e disposições práticas, de fácil manutenção e baixo custo. Jomar Bragança/ Divulgação Mais

Simples, econômico e bonito: o banheiro de 3 m² foi personalizado por Shenia Nogueira com faixas de vidro, da Bolppi, intercaladas com peças cerâmicas. A aplicação do espelho, ocupando todo o vão e acomplando prateleiras, ampliou o espaço que recebeu materiais duráveis e de fácil manutenção, como o mámore no tampo da bancada e no piso. A pia de encaixe, o vaso e os metais sanitários são da Deca e a marcenaria é assinada pela JSA. Sergio Israel / Divulgação Mais

A moldura de vidro lilás com aplicação de cristais, lembrando estrelinhas, concretiza o desejo da menina que queria um banheiro mágico. Shenia Nogueira distribuiu as peças sanitárias de modo a driblar o espaço de 3,2 m², proporcionando maior conforto para a pequena usuária. Para manter a altura do tampo da bancada, a arquiteta escolheu uma cuba de embutir (Deca), proporcionando maior acessibilidade ao conjunto. Já o acabamento do gabinete foi pensado em gofrato (pintura PU) por resistir melhor à umidade. Sergio Israel / Divulgação Mais

Compacto e bem projetado, este banheiro de 3 m² é o único local fechado do pequeno loft, moradia de uma jovem empresária quando em São Paulo. Para parte do revestimento, o arquiteto Toninho Noronha aproveitou as sobras do granito, usado em todo apartamento, enquanto as paredes foram apenas pintadas com tinta especial para ambientes molhados e em tons claros. Repare que a iluminação dá alma ao espaço: há um foco de luz zenital no box e pontos luminosos no nicho. Kiko Masuda/ Divulgação Mais

Ainda no banheiro assinado por Toninho Noronha, a cuba de encaixar foi projetada pelo arquiteto e executada pela Villa della Pietra. Repare que a parede é protegida por um frontão de pedra, ao passo que o resto da superfície é apenas acabado em pintura. A pia embute o gabinete de madeira com arremate laqueado. Para aproveitar o espaço, entre o lavatório e a área do banho foi acomodado o vaso com caixa acomplada da Deca, em prol da redução do consumo de água. Sobre a pia, para disfarçar o armário, optou-se por revestimento de espelho e iluminação indireta. Kiko Masuda/ Divulgação Mais

O aproveitamento do espaço é o ponto alto da proposta do escritório Arqdonini. Nela, a instalação do espelho e da bancada com cuba de embutir sob a janela tirou partido da luz natural, racionalizando os 6,34 m² do banheiro. Sob o tampo, o amplo gabinete compõe com piso em porcelanato. Dispostos em frente ao lavatório, o bidê e a bacia com caixa acomplada - da Deca - ficam ao lado da área do box, revestida com porcelanato estampado Navarti e iluminada indiretamente pelas luzes instaladas em dois nichos. Chico Zelesnikar/ Divulgação Mais

Um dos banheiro da casa reformada pelo escritório Arqdonini, com 4,37 m², ganhou gabinete com estrutura de compensado, revestida por laminado texturizado em diferentes padrões, da Formica. No ambiente, a parede do box é forrada por porcelanato estampado Navarti que imita pedras roladas. Driblando a área diminuta, o projeto beneficiou-se pela bancada que avança a área do chuveiro e serve como aparador para produtos de banho. Chico Zelesnikar/ Divulgação Mais

O revestimento cerâmico (Cecrisa) em tom claro e a farta área espelhada foram os recursos adotados pela arquieta Cristina Menezes para levar amplitude ao banheiro de 4,3 m², que deveria apresentar soluções práticas e de baixo custo. A bancada encaixada no vão da parede apoia o lavatório Deca, deixando espaço para os pertences pessoais. Repare que para vencer as dificuldades com pequena área, a arquiteta adotou uma porta de correr (veja o reflexo no espelho). Jomar Bragança/ Divulgação Mais

As largas faixas nas paredes e o piso em pastilhas (Colormix), pretos e contínuos, deram movimento e o tom masculino ao banheiro projetado pela arquiteta Cristina Menezes. Sobre a delimitação escura e ao lado da bancada, foi instalado o vaso da Deca, assistido por ducha higiênica em vez de bidê. Na área do chuveiro, o branco volta a reinar, refletindo a luz que provém do exterior e ampliando visualmente o espaço do box. Jomar Bragança/ Divulgação Mais

Por se tratar de um banheiro (5,4 m²), situado em um pequeno loft, a arquiteta Ana Rita Sousa e Silva dividiu-o em duas áreas, cortadas pela circulação entre o quarto e a sala. Deste ângulo, o vaso sanitário e a ducha - que detém uma porta -, são lateralmente integrados ao jardim por uma esquadria de vidro. Nos revestimentos, o porcelanato amadeirado do piso recobre também as paredes da área molhada... Evelyn Müller/ Divulgação Mais

... enquanto, do outro lado da circulação, junto à bancada de Silestone da MontBlanc com pia embutida - que funciona como o lavabo da casa - as paredes das áreas secas foram recobertas por papel de parede vinílico (WallPaper). A arquiteta Ana Rita Sousa e Silva instalou, também, uma estante sob medida, executada pela Stilos Marcenaria. O móvel ocupa parte do pequeno nicho sobre o lavarório, dando espaço para os pertences pessoais e objetos decorativos. Evelyn Müller/ Divulgação Mais

Com 2,6 m², o projeto da Ahga Arquitetura contemplou uma menina de 3 anos e sua mãe, que salientou a necessidade de armários para o pequeno banheiro. Assim, visto que a bancada possui apenas 75 cm de largura, as arquitetas Alessandra Hurtado e Andréia Paoleschi desenharam outro armário sobre a bacia com caixa acoplada, além do nicho dentro do box. Para ampliar o ambiente, peças sanitárias, porcelanato e bancada brancos. A pastilhas Glass Mosaic alegraram o espaço. Henry Lopes/ Divulgação Mais

Detalhe do armário planejado e instalado sobre o vaso sanitário, no banheiro de 2,6 m², assinado pelas arquitetas Alessandra Hurtado e Andréia Paoleschi e executado pela Marcenaria I9. Para conseguir uma sensação de amplitude no ambiente, o móvel - exceto o nicho central - foi revestido por espelhos. Henry Lopes/ Divulgação Mais

Neste projeto (5,1 m²) assinado pela arquiteta Ana Rita Sousa e Silva, a bancada com pia esculpida em Marmoglass, da Montblanc, é agregadora de funcionalidade. Com porta tolha fixado, abriga sob si um gaveteiro e um banquinho. O armário superior executado pela Stilos Marcenaria tem porta de correr espelhada. Detalhe: para ganhar espaço, a arquiteta insalou os misturadores da Deca na parede. Evelyn Müller/ Divulgação Mais

Com 4,3 m², este banheiro foi planejado por Ana Rita Sousa e Silva segundo o tema marítmo, satisfazendo o gosto de um menino por barcos. Para racionalizar o espaço, espelho é menor, deixando área para as prateleiras e o toalheiro. A bancada em quartzo, da Montblanc, acomoda a cuba e os misturadores da Docol. Mesmo enxuto, o ambiente abriga com conforto bacia com caixa acoplada, quadros na parede e o pequeno boxe. Evelyn Müller/ Divulgação Mais

O projeto da arquiteta Cristiane Schiavoni fundiu dois pequenos banheiros em um, ampliando a área útil para 7 m². Repare que a reforma criou um cômodo box que abriga dois chuveiros e uma banheira. Wagner Silveira/ Divulgação Mais

Na reforma promovida por Cristiane Schiavoni e que fundiu dois banheiros pequenos em apenas um, com 7 m², o grande tampo da bancada embute armários, ocupando uma das paredes do ambiente. Um amplo espelho foi instalado ao lado da janela que é protegida por persiana, aproveitando a luz natural e ampliando ainda mais o espaço. Na parede oposta ficaram as peças sanitárias. Wagner Silveira/ Divulgação Mais

Na residência reformada pelo escritório Arqdonini, o banheiro com 6,1 m² conta com bancada amplas e apenas com uma cuba. No ambiente, os "retalhos" em revestimentos mais claros e o espelho generoso ampliam a área. Para compor com o décor, diante do espelho foi instalado um pendente feito em sarrafo de madeira - desenhado pelo escritório -, além do spot da Reka. Chico Zelesnikar/ Divulgação Mais

Para dar ares de lavabo ao pequeno banheiro (2,9 m²), a solução encontrada pela arquiteta Giselle Macedo e pela designer Patrícia Covolo foi instalar o box de vidro preto até o teto, escondendo a área do chuveiro. O revestimento em papel de parede deixou o local mais charmoso e com estilo. Sob a bancada em granito, o projeto previu gaveteiros e uma prateleira que levam maior funcionalidade ao ambiente. João Ribeiro/ Divulgação Mais

Para dar ares de lavabo ao pequeno banheiro (2,9 m²), a solução encontrada pela arquiteta Giselle Macedo e pela designer Patrícia Covolo foi instalar o box de vidro preto até o teto, escondendo a área do chuveiro. O revestimento em papel de parede deixou o local mais charmoso e com estilo. Sob a bancada em granito, o projeto previu gaveteiros e uma prateleira que levam maior funcionalidade ao ambiente. João Ribeiro/ Divulgação Mais

Apesar de possuir apenas 4 m², este banheiro planejado por Shenia Nogueira parece bem maior. O segredo está na bancada de mármore que apoia a ampla cuba e nas paredes azulejadas preexistentes (opostas ao lavatório) que foram mantidas. Para quebrar com o branco predominante, Nogueira aplicou pastilhas acobreadas da Bizzasa e, no box, o chuveiro com cromoterapia proporciona relaxamento e conforto Sergio Israel/ Divulgação Mais

A moldura em pastilhas coloridas, Bisazza, foi idealizada por Shenia Nogueira a pedido de uma garota pré-adolescente que ama o tom pink. A lista de necessidades do banheiro com 4 m² incluia uma bancada ampla - que foi executada em mármore e vidro -, um super chuveiro e o grande nicho no box para acomodar produtos de beleza e banho. Sergio Israel/ Divulgação Mais

Com 6,5 m², o banheiro projetado pelo arquiteto Rogério Perez comporta área para dois chuveiros, bancada com duas cubas e gabinete e vaso. O espaço é claro e bem iluminado passando sensação de amplitude. Pastilhas mais escuras contrastam com o tom claro do ambiente, dando maior aconchego ao box autolimpante. Graças à automação é possível programar a temperatura da água previamente. Fran Parente/ Divulgação Mais

O banheiro planejado pelo arquiteto Rogério Perez, em um refúgio de veraneio, possui 12,45 m² e abriga áreas de chuveiro-spa e de hidromassagem. Bem iluminado, o espaço passa a sensação de amplitude. No detalhe, as pastilhas escuras contrastam com o tom claro das paredes, do piso, dos gabinetes e das louças. Fran Parente/ Divulgação Mais

Por mais que o banheiro de casa seja confortável e amplo, sempre desejamos alguns metros a mais para instalar uma ducha, um armário maior ou, quem sabe, uma banheira. Claro, uma hidromassagem não cabe em um ambiente de 2 m², mas, mesmo os banheiros enxutos e compactos podem virar confortáveis salas de banho, onde relaxamento e funcionalidade estão em primeiro plano. Para isso, basta ter um bom projeto e respeitar as diretrizes de ergonomia e conforto. Pastilhas e metais dourados dão o leve toque clássico a este banheiro (foto) de 7,8 m², idealizado por Shenia Nogueira. A confortável bancada de mármore piguês apoia duas cubas da Deca e embute o gabinete, executado pela JSA Marcenaria. Bacia com caixa acoplada e ducha higiênica, em vez de bidê, racionalizam o espaço. No boxe, o nicho para xampus otimiza a área útil do banho. Sérgio Israel/ Divulgação Mais

Para estender a área da bancada, a arquiteta Shenia Nogueira mudou a posição original da bacia no banheiro de 4,5 m². A jovem usuária necessitava de muito espaço para maquiagem, cremes e perfumes, sendo necessária a criação do nicho com prateleiras de vidro de fácil de acesso, para acomodar os cosméticos. À equerda, note o dente da bancada que deixa espaço para a abertura do gabinete e para o lixo. Nas paredes, mescla de pastilhas rejuvenescem o espaço. Sergio Israel/ Divulgação Mais

O banheiro (3,5 m²) idealizado pela arquiteta Giselle Macedo e pela designer Patrícia Covolo para uma garota pré-adolescente deveria ser atemporal, claro e feminino. Assim, a extensa área espelhada, as peças claras e o piso em Marmoglass ampliaram o ambiente, destacando a área do box revestida de porcelanato Portinari, linha Vivere, tom Lilac. A cuba de encaixe, com toalheiro, resolve a falta de espaço com classe e estilo. João Ribeiro/ Divulgação Mais

Outro banheiro (3 m²) em que o espelho é a alma do projeto: para passar a sensação de amplitude, a arquiteta Cristiane Schiavoni trabalhou a conjunção do antigo revestimento com espelhos, da Alto da Lapa Vidros, e nichos de mármore que ficaram sobrepostos, ampliando os usos do espaço para um casal. Gustavo Escatena/ Divulgação Mais
Hospedagem: UOL Host