Veja os detalhes da casa Acapulco, assinada por Flavio Castro, no Guarujá

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://fotos.noticias.bol.uol.com.br:80/entretenimento/2013/03/18/observe-os-detalhes-da-casa-acapulco-projetada-por-flavio-castro-no-guaruja.htm
  • totalImagens: 35
  • fotoInicial: 20
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130318070000
    • Flávio Castro [64734];
    • projeto [18398]; Construção e Reforma [60127]; arquitetura [20976]; casa de praia [29062];
Fotos

A fachada frontal da casa Acapulco exemplifica o jogo entre cheio e vazio proposto pela arquitetura de Flavio Castro. O volume à direita, fechado em alvenaria pintada de verde cor da mata, oferece privacidade às áreas íntimas. O piso de toda a entrada é de mosaico português nas cores champagne e branco Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

O pavimento de dormitórios sobressai, em verde, com suas varandas e venezianas robustas. O volume de serviços, inferior, em branco, dá sustentação ao bloco mais íntimo. As aberturas laterais e estratégicas, voltadas para um corredor à direita, dão acesso ao lavabo, ao quarto de empregada, à lavanderia e à cozinha. O projeto de arquitetura é de Flavio Castro Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

A casa Acapulco fica no Guarujá, litoral paulista, distante 1,5 km da praia de Pernambuco. O projeto é do arquiteto Flavio Castro e prevê a máxima integração dos ambientes de convívio social, de forma que seja possível observar todos os cantos do terreno, de onde quer que se esteja. A ideia reflete o conceito espacial para um grande encontro de pessoas e clima de veraneio, com ventilação e iluminação naturais abundantes, além da mistura de materiais que remetem à natureza, como pedra, madeira e espelhos d'água Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

A cobertura da casa Acapulco, de Flavio Castro, foi executada em laje plana com caimento e adaptada a um sistema de drenagem. A estrutura está impermeabilizada com manta asfáltica e protegida por material termoplástico, que dá isolamento não apenas térmico, mas também acústico para os interiores. Por cima de tudo isso, uma camada de pedriscos dá proteção mecânica ao sistema. A solução da cobertura ajuda no conforto térmico da casa Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

A área social é uma sucessão de três salas com pé direito duplo (5,5 m) com único elemento divisório: uma escada para circulação vertical, sob a qual está o espelho d'água. Os fechamentos em vidro ao fundo, voltados para a piscina, e laterais, direcionados ao corredor, são pontos estratégicos que garantem máxima iluminação natural pela manhã, além de ventilação. Os rasgos junto à cobertura são estreitos (60 cm) a fim de controlar a entrada da luz do sol e evitar o superaquecimento dos interiores. A casa Acapulco foi projetada pelo arquiteto Flavio Castro, no Guarujá Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

A escada metálica autoportante (Metaaços) faz circulação entre áreas social (inferior) e íntima (superior) da casa. As três salas sociais estão integradas à cozinha e à área externa com churrasqueira (à esq.), que pode permanecer isolada através do sistema de folhas de vidro sobre trilhos. A porta da frente é em cumaru (Madesan), pivotante. Há uma marcação no piso de porcelanato areia (Eliane), com um tom bege mais escuro, para separar área social da de serviços. A arquitetura e os interiores são assinados por Flavio Castro Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

À noite, a iluminação do espelho d'água, subaquática e azul, se destaca.Os seixos rolados são de rio e a água circula por um filtro que fica submerso, instalado por baixo das pedras. A casa Acapulco conta com projetos de arquitetura, interiores, paisagismo e luminotécnico assinados pelo arquiteto Flavio Castro Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

A fachada frontal da casa Acapulco, projetada pelo arquiteto Flavio Castro, também é fechada em vidro no eixo longitudinal, que se comunica com área social e piscina e se estende até o pavilhão dos fundos, onde está a sauna. A iluminação das salas de estar e da lareira oferece opções de cenários, com spots para dicroicas presos à laje e próximos às paredes. Réguas desenvolvidas em perfis de chapa metálica "U", para lâmpadas frias, produzem luz menos cenográfica e voltada para o teto, o design das luminárias é assinado pelo arquiteto Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

O fechamento em vidro que se volta para a piscina, a partir da sala de estar, leva sistema "spiderglass" (Blindex). O "spiderglass" permite o uso de enormes panos em vidro espesso, com 12 mm, por possuir travas metálicas aplicadas diretamente no vidro, o que dá sustentação estrutural ao fechamento. A casa Acapulco foi criada pelo arquiteto Flavio Castro Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

Seis folhas de vidro, de correr, fazem a integração da sala de estar voltada para a piscina com a área da churrasqueira (à esq.). O piso frio no tom areia é um porcelanato da marca Eliane. Todo o mobiliário da casa Acapulco, idealizada pelo arquiteto Flavio Castro, é fornecido pela Breton Actual Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

A viga central da escada é um tubo metálico que foi recheada com concreto, para evitar vibrações, e como os degraus são fôrmas metálicas preenchidas por cimento queimado branco, não fazem barulho. A escada leva pintura automotiva e cobre um espelho d'água com fundo de seixos. A arquitetura e os interiores são de autoria do arquiteto Flavio Castro Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

A pintura ao fundo é da artista plástica Nilza Rezende e enfatiza o pé direito duplo da área social de estar. A alvenaria pintada em verde marca a passagem para o bloco íntimo da residência, que abriga dormitórios do pavimento superior. A escada metálica (Metaaços) faz circulação vertical entre os blocos social e íntimo e tem degraus de cimento queimado branco, além de uma viga central metálica preenchida de concreto, o que evita vibrações e dá maior estabilidade à peça. A arquitetura é assinada por Flavio Castro Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

O corredor de distribuição dos dormitórios no pavimento superior da casa Acapulco, do arquiteto Flavio Castro, é decorado com um quadro da artista Nilza Rezende, feito em pau de canela. O corredor recebe iluminação zenital por uma fenda envidraçada a partir de um forro de gesso inclinado, que contém iluminação dicroica embutida. O piso é de porcelanato (Eliane) Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

O corredor de distribuição dos dormitórios no pavimento superior da casa Acapulco, do arquiteto Flavio Castro, liga os dois quartos dispostos em cada extremidade. Dali, é possível avistar a fachada da frente que leva sistema "spiderglass" e prevê enormes panos em vidro espesso, de 12 mm. O "spiderglass" tem travas metálicas dispostas diretamente no vidro, o que dá sustentação estrutural ao fechamento Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

Todas as venezianas da casa Acapulco, no Guarujá (SP), são de madeira cumaru (Madesan), enquanto o guarda-corpo das varandas é feito de ferro (Gerdau) pintado com tinta automotiva preta. A laje (Sistrel) aparente da cobertura, que protege a madeira contra as chuvas, expõe o método construtivo empregado: são lajes maciças, moldadas em loco e acabadas com verniz. O projeto é assinado pelo arquiteto Flavio Castro Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

A casa Acapulco, de Flavio Castro, tem quatro suítes e, em cada um dos banheiros, há em mosaico de pastilhas (Kolorines) de cor diferente, em três tons. Todavia, o revestimento é padrão, discreto e branco em três paredes e no piso. As janelas basculantes voltam-se para a fachada lateral direita, têm 90 cm x 90 cm e promovem a ventilação e iluminação naturais. Os metais e as louças são Deca, sendo o chuveiro do modelo Acqua Plus, monocomando Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

A casa Acapulco, de Flavio Castro, tem quatro suítes e, em cada um dos banheiros, há em mosaico de pastilhas (Kolorines) de cor diferente, em três tons. Todavia, o revestimento é padrão, discreto e branco em três paredes e no piso. As janelas basculantes voltam-se para a fachada lateral direita, têm 90 cm x 90 cm e promovem a ventilação e iluminação naturais. Os metais e as louças são Deca, sendo o chuveiro do modelo Acqua Plus, monocomando Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

Na cozinha, pendentes com lâmpadas halopar 20 iluminam o tampo de granito café imperial da bancada (Pedras Bandeirantes). As pastilha de vidro (Kolorines) que revestem a altura da bancada têm três tons de marrom, enquanto as portas de alumínio (Alcoa) levam vidro aramado (Blindex). O projeto de Flavio Castro para casa Acapulco, foi construído no Guarujá (SP) Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

A área da churrasqueira (Largrill) comunica-se com a cozinha - por uma porta de madeira cumaru (Madesan) pivotante - e com o estar, por seis folhas de vidro deslizantes. A mesa traz mosaico da artista plástica Nilza Rezende e caixas de som estão distribuídas pelos ambientes da casa Acapulco, para melhor ambientação dos espaços de convivência. O projeto é do arquiteto Flavio Castro, para terreno próximo da praia de Pernambuco, no Guarujá (SP) Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

O projeto luminotécnico de Flavio Castro previu a luz da piscina em posição transversal em relação ao eixo longitudinal do equipamento, a fim de distribuí-la de forma mais homogênea. Pontos de luz com lâmpadas halopar 38 subaquáticas estão posicionadas a 70 cm da superfície da água, uma vez que a piscina tem 1,4 m de profundidade. A casa Acapulco fica a 1,5 km da praia de Pernambuco, no Guarujá, litoral paulista Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

O pavilhão, nos fundos do terreno da residência Acapulco, no Guarujá, abriga a casa de máquinas para piscina, vestiário e a sauna. A área gramada é o "recreio" - um dos "vazios" construtivos previstos pelo arquiteto Flavio Castro para servir de apoio à área de lazer. Além de toda vegetação circundante, compostas por trepadeiras nos muros e paineiras, o anexo possui telhado verde (grama) Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

O desenho do revestimento de fundo da piscina é de autoria do arquiteto Flavio Castro. São três tons de azul, montados em trabalho artesanal. Ao fundo do terreno, no limite da piscina, encontra-se uma passagem subaquática (fosso) que dá entrada para o interior de um segundo volume construído, onde está a sauna. Esse pavilhão é revestido externamente com pedra arenito, de paginação quadrada (Pedras Bandeirantes). A casa Acapulco fica no Guarujá, litoral paulista e foi projetada por Flavio Castro Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

A sauna está diretamente conectada com a piscina por uma abertura subaquática. Mergulhando, é possível deixar da piscina pelo lado de dentro do volume construído aos fundos da casa Acapulco. Acima da superfície, a abertura envidraçada dialoga diretamente com a área social da casa (à frente )e também limitada pelos panos de vidro. A disposição das transparências e dos volumes, além de integrar piscina e deck (madeira cumaru), constrói linha "visual" que vai desde o ponto mais fundo do terreno até a garagem, na rua. Os projetos de arquitetura, interiores, paisagismo e luminotécnico são de Flavio Castro Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

Na sauna, as pastilhas de vidro (Kolorines) repetem padrões desenhados pelo arquiteto Flavio Castro, projetista da casa Acapulco, em três tons de azul. O vidro (Blindex) que separa a sauna da piscina está encaixado no piso, que é por sua vez revestido de pedra Miracema (Pedras Bandeirantes) Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

O eixo da transparência (à dir.) inclui a sauna (extremidade oposta) e a piscina; elas dialogam com volume que abriga área social, fechada em vidro nos fundos e na frente da casa. Já a cor do gramado, no recreio, é acompanhada pela composição do volume oeste, em alvenaria pintada de verde - que também segue até a frente, em direção à rua - abrigando área íntima de dormitórios (pavimento superior), cozinha, churrasqueira e serviços (inferior). Arquitetura, paisagismo e luminotécnico são de autoria de Flavio Castro Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

O eixo da transparência (à dir.) inclui a sauna (extremidade oposta) e a piscina; elas dialogam com volume que abriga área social, fechada em vidro nos fundos e na frente da casa. Já a cor do gramado, no recreio, é acompanhada pela composição do volume oeste, em alvenaria pintada de verde - que também segue até a frente, em direção à rua - abrigando área íntima de dormitórios (pavimento superior), cozinha, churrasqueira e serviços (inferior). Arquitetura, paisagismo e luminotécnico são de autoria de Flavio Castro Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

À partir do telhado verde (grama) sobre o pavilhão de fundos do terreno da casa Acapulco, no Guarujá (litoral de São Paulo), é possível observar o recreio gramado (à esq.), o deck de madeira cumaru (Madesan), a piscina e o revestimento lateral (corredor, à dir.) em pedra Miracema (Pedras Bandeirantes). O projeto da residência é assinado pelo arquiteto Flavio Castro Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

Para concretar o buraco escavado da piscina, o projeto de engenharia da casa Acapulco contou com sistema de perfurações para sucção de até seis metros de profundidade, em um solo encharcado que dificultava a execução da obra. As dimensões estruturais de toda a casa - concreto armado - levam em consideração o empuxo gerado pela força do lençol freático local. A casa Acapulco fica no Guarujá, litoral paulista, e foi projetada por Flavio Castro Marcelo Scandaroli/ Divulgação Mais

Um dos croquis desenhados pelo arquiteto Flavio Castro determina a pontuação volumétrica da casa Acapulco, no Garujá, litoral de São Paulo Flávio Castro/ Divulgação Mais

A disposição das fachadas frontal, voltada à rua, e posterior (que se alinha ao quintal) é equivalente. Ambas se mostram equilibradas da mesma forma: uma porção transparente e relativa às áreas sociais e dois volumes "opacos", sendo o superior o que agrega a área íntima da casa Flávio Castro/ Divulgação Mais

Croqui do arquiteto Flavio Castro estuda a disposição da casa Acapulco em realação ao terreno de 518 m² Flávio Castro/ Divulgação Mais

A disposição das fachadas frontal, voltada à rua, e posterior (que se alinha ao quintal) é equivalente. Ambas se mostram equilibradas da mesma forma: uma porção transparente e relativa às áreas sociais e dois volumes "opacos", sendo o superior o que agrega a área íntima da casa, como pode ser observado nas perspectivas realizadas em computador Flávio Castro/ Divulgação Mais

A disposição das fachadas frontal, voltada à rua, e posterior (que se alinha ao quintal) é equivalente. Ambas se mostram equilibradas da mesma forma: uma porção transparente e relativa às áreas sociais e dois volumes "opacos", sendo o superior o que agrega a área íntima da casa, como pode ser observado nas perspectivas realizadas em computador Flávio Castro/ Divulgação Mais

Na porção superior da planta estão quase todos os ambientes sociais da casa Acapulco, no Guarujá (SP). Na parte inferior do desenho, além das áreas de serviço (à esq.), se localizam a cozinha e a churrasqueira (à dir.). O projeto é do arquiteto Flavio Castro Arte UOL Mais

O pavimento da casa Acapulco, projetada pelo arquiteto Flavio Castro, agrega a área íntima da residência dividida em quatro suítes confortáveis. A construção está distante 1,5 km da praia de Pernambuco, no Guarujá (SP) Arte UOL Mais
Hospedagem: UOL Host