Casas brasileiras

Principais moradias do país

Informações sobre o álbums
  • editoria:Imagens do dia
  • galeria: Casas brasileiras
  • link: http://fotos.noticias.bol.uol.com.br/imagensdodia/casas-brasileiras_album.jhtm
  • totalImagens: 10
  • fotoInicial: 1
  • imagePath: http://f.i.bol.com.br/imagensdodia/fotos/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20110429171657
Fotos
Esta casa de pau-a-pique em São Raimundo Nonato, no Piauí, é um exemplo de um tipo de moradia ainda muito comum em áreas pobres do país. Independente do tipo de construção, casas são 87% das moradias no Brasil. O país tem 57,3 milhões habitações consideradas particulares e permanentes. Jefferson Coppola/Folhapress Mais
Casas em construção em conjunto habitacional popular em São Paulo. Mesmo sendo a cidade de mais populosa e mais verticalizada do Brasil, as casas ainda são maioria na metrópole. Dos 12,8 milhões de domicílios registrados na região, 10,7 milhões (83,5%) são casas e 1,8 milhão, apartamentos. Silva Junior/Folhapress Mais
Das 57,3 milhões habitações existentes no Brasil, mais de 1 milhão está em vilas, como esta no Rio de Janeiro, e condomínios. As regiões Sudeste e Nordeste são as que mais apresentam esse tipo de moradia. Já o Acre tem apenas 763 unidades assim. Rafael Andrade/Folhapress Mais
O Estado do Rio de Janeiro concentra o maior número de domicílios em vilas e condomínios (f), com 279 mil domicílios nesse estilo. São Paulo aparece em segundo lugar, com 182 mil habitações, seguido por Paraná, com 72 mil. Edson Silva/Folhapress Mais
ista aérea de São Paulo mostra um "mar" de prédios; segundo o Censo 2010, o Brasil tem 6,1 milhões de apartamentos. Mais da metade dos prédios está na região Sudeste, sendo que são 1,8 milhão de apartamentos em São Paulo e 1 milhão no Rio de Janeiro. Tocantins tem a menor concentração de prédios, são apenas 5.447 apartamentos. Arquivo Folhapress Mais
As casas de cômodos, como essa da foto, os cortiços e as chamadas cabeças-de-porco, um tipo de moradia precária que derivou dos antigos cortiços, representam 296 mil habitações, segundo o Censo 2010. Folhapress Mais
São Paulo é o Estado que mais tem moradias compartilhadas, como casas de cômodos, os cortiços (f) e as chamadas cabeças-de-porco: 86,5 mil. No Rio de Janeiro, são mais 35 mil habitações desse tipo. Douglas Cometti/Folhapress Mais
A região Sudeste tem 56 mil moradias classificadas como casa de cômodos, cortiço ou cabeça-de-porco, como a da foto, um tipo de moradia precária que derivou dos antigos cortiços. Daniel Marenco/Folhapress Mais
As ocas (f) e malocas, típicas construções indígenas, representam apenas 0,02% das moradias brasileiras, mas somam 14,6 mil unidades. Marisa Cauduro/Folhapress Mais
O Norte (7,9 mil) e o Centro-Oeste (5,2 mil) são as regiões que mais concentram ocas e malocas, como a da foto, típicas construções indígenas. Só no Amazonas e em Mato Grosso são 3,2 mil e 2,6 mil, respectivamente. Marcelo Justo/Folhapress Mais
Hospedagem: UOL Host